Filmes para Levantar o Astral, com Muita Confusão

  1. FkDk
  2. Televisão
  3. Filmes para Levantar o Astral, com Muita Confusão

Tem dias em que tudo dá errado, chega a noite e você não sabe se corre pro mato ou pras colinas. Nessas horas, nada melhor do que um daqueles filmes que não te obriga a pensar na fatura do cartão de crédito ou na mais recente asneira do nosso pastor, modelo e atriz favorito, Marcos Feliciano.

São aqueles filmes que você assiste com um sorriso nos lábios, como esses:

50% (50/50, 2011)

Sim, eu sei que é um filme sobre um cara com câncer, mas é um filme ótimo. E é positivo e pra frente. Que nem a vida devia ser.

Fido - O Mascote (Fido, 2006)

Depois que o governo determinou que as empregadas domésticas deveriam ter os mesmos direitos que os outros trabalhadores, os zumbis foram a salvação da pátria.

Não, pera... os zumbis existem, mas eles são controlados da fome de miooooooolooooos com umas coleiras muito legais que controlam a agressividade, transformando os monstros em excelentes empregados.

É uma história de um zumbi que se apaixona pela patroa, dona, sei lá, que não é idiota e rende boas risadas.

Matador em Conflito (Grosse Pointe Blank, 1997)

Assassino profissional volta a sua cidade para matar e ir na reunião de dez anos do colégio. Absolutamente fantástico. E ainda tem Violent Femmes na trilha sonora, que por sinal é perfeita.

 

Melhor é Impossível (As Good as It Gets, 1997)

Jack Nicholson é genial nível, bem... Jack Nicholson, na pele do escritor com transtorno obsessivo compulsivo que se apaixona por uma Helen Hunt tão fora de seu mundinho particular de quem não pisa no calçamento e, mesmo assim, tem uma paciência de Jó com ele.

O filme é divertido e inteligente e vai muito bem com pizza e guaraná e jogar os pés em pernas alheias depois de um dia cheio.

Assiste aí, você vai curtir.

Morrendo e Aprendendo (Heart and Souls, 1993)

Um jovem Robert Downey Jr. é o vivo que tem 4 espíritos presos com ele desde que nasceu. Os espíritos são de pessoas que morreram no dia em que ele nasceu por causa de um motorista de ônibus que estava paquerando uma motorista no carro ao lado. Você vai passar um mês com "Walk Like a Man" na cabeça.

Quero ser Grande (Big, 1988)

É o filme de Sessão da Tarde dos anos 90 mais legal depois de Curtindo a Vida Adoidado. Um garoto vira Tom Hanks depois de desejar numa dessas máquinas de parquinho.

Sua vida vai melhorar na cena do piano na loja de brinquedos.

 

Quem Vê Cara Não Vê Coração (Uncle Buck, 1989)

O John Candy vai ficar de babá dos filhos do irmão em um filme hilário e familiar. Dá vontade de abraçar o John Candy.

Um Morto Muito Louco (Weekend at Bernie's, 1989)

Bem, tem esse cara e ele está morto. Mas não parece, parece?

 

As Bruxas de Eastwick (The Witches of Eastwick, 1987)

Jack Nicholson é o Capeta e, como ele é o Jack Nicholson, ele faz um foursome com a Cher, a Michelle Pfeiffer e a Susan Sarandon.

E você, atualizou o perfil no parperfeito ponto com?

Os Caça-Fantasmas (Ghostbusters, 1984)

O clássico de sessão da tarde que fez todo mundo continuar amando Bill Murray nunca vai perder a graça e o encanto. Mesmo com o Geleia.


Veja mais listas como esta:

  1. Três músicas para uma só mulher
  2. Músicas para você ouvir quando for encontrar gente que não suporta
  3. Guia musical do mau humor
  4. Uma História de Amor ou 7 Músicas para Ouvir Bêbado
  5. Séries de TV que Terminaram Cedo Demais
  6. 50 Tons de Cinza e Outras Séries de Sucesso que na Verdade são um Lixo
  7. Top 10 Músicas Para Fazer Striptease
  8. As Melhores Músicas para Ouvir no Final de Ano
  9. Músicas Para Ouvir Durante o Fim do Mundo
  10. As Melhores Músicas de Final de Namoro
  11. 5 Bons Filmes com Finais Horríveis
  12. Top 5 Filmes de ET Sem (Muita) Gosma
  13. Cinco músicas para embalar um pé na bunda