Renato Aragão vai gravar “A Praça É Nossa” ao lado de “Cazalbé”

“Didi Mocó” aceitou o convite feito por Carlos Alberto no programa de Tatá Werneck.

Um encontro inédito na cena do humorismo brasileiro está se desenhando para 2019: Renato Aragão, o “Didi Mocó”, aceitou o convite do amigo Carlos Alberto de Nóbrega para gravar um programa como convidado de honra.

Lady Night

De certa forma, a madrinha desse encontro entre dois grandes ícones da televisão brasileira é Tatá Werneck: foi após a exibição da entrevista do “dono” do banco da praça, em que ele disse que gostaria muito de receber a visita do Trapalhão, que este telefonou para manifestar seu “sim”.

Já falei com ele, ele ligou pra mim no dia seguinte [à exibição da entrevista no Lady Night]. Renato falou: “Carlinhos, à hora que você quiser eu vou”. Mas só falta um programa para gravar neste ano. Então na volta das férias, provavelmente no meu aniversário [em 12 de março] ou quando eu completar 65 anos de carreira, certamente o Renato vai estar presente.

Carlos Alberto de Nóbrega sobre a ida de Renato Aragão à Praça

Nóbrega também ficou  muito feliz com o tratamento recebido no Multishow, e com o carinho e o respeito de Tatá. Eles só haviam se falado antes uma vez, e o humorista ficou muito surpreso ao saber que a apresentadora é grande fã de seu trabalho.

Fiquei surpreso com a pessoa dela. Ela é muito simples, tranquila, educada. Me tratou com muito carinho. Inclusive, ela chorou quando me viu. Eu até entendo, ela tem 30 e poucos anos, cresceu assistindo à Praça, vendo aqueles personagens, me vendo sentado ali. Quando nós fomos encerrar o programa, tivemos que gravar três vezes, porque ela se emocionava.


Carlos Alberto de Nóbrega sobre Tatá Werneck

Liberação da Globo

Contudo, há um “pequeno detalhe” a ser resolvido, ainda: Renato Aragão depende de uma liberação da Globo para aparecer no SBT ao lado do amigo.

“Cazalbé”, entretanto, mostra-se tranquilo e otimista quanto a isto, haja vista sua excelente relação com diretores da Vênus Platinada.

Tenho um relacionamento maravilhoso com o pessoal da Globo. Há dois anos fui gravar o Tá no Ar, na época em que a Globo não liberava ninguém. Fui uma exceção e fui muitíssimo bem tratado, alguns diretores foram até o estúdio para me cumprimentar, uma coisa muito bonita. Eu tenho certeza de que eles não negariam [a participação de Renato Aragão].


Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 4.56
Total de Votos: 9
Renato Aragão vai gravar “A Praça É Nossa” ao lado de “Cazalbé”