Operação Red Sparrow

  1. FkDk
  2. Cinema
  3. Operação Red Sparrow

Um filme fraco, roteiro furado, clichês à exaustão, que só tem de bom a Jennifer Lawrence. Ainda bem que esperei para ver no Tele-Cine.

Quando a campanha publicitária para Operação Red Sparrow iniciou na tevê fiquei com muita vontade de ver o filme. Por conta de situações diversas e fora de meu controle acabei sendo obrigado a esperar para ver no Tele-Cine, pois acabei o tempo de ver o filme no cinema. Agradeço muito aos céus por isso ter acontecido.

História manjada, excesso de clichês e personagens fracos

Não vou nem me dar ao trabalho de avisar que o texto abaixo pode conter spoilers, pois se houver algum não há de ser relevante.

Mas preciso dizer que a história é muito batida (Estados Unidos × Rússia), um dos lados é bonzinho e o outro é mau (adivinha quem é quem), o roteiro é cheio de furos, inverossímil até o sigmoide do sósia do Putin, e parece ter sido escrito com o único objetivo de poder proporcionar algumas cenas de nudez da Catnip (que é como eu carinhosamente chamo a Jennifer Lawrence, me deixa).

A única coisa bonita do filme, aliás, é a Catnip, pois tudo o mais é exagerado e de mau gosto:

  • cenas de nudez de mau gosto e desnecessárias;
  • cenas de sexo desnecessárias, mesmo quando não são exatamente de sexo;
  • mentiras, vingança, violência, tudo desnecessariamente em excesso.

Um dos aspectos positivos do filme, além da atuação e da presença da Catnip (eu já disse "me deixa") é que apesar de previsível o filme conta com situações que não são exatamente o que deveriam ser. As reviravoltas na trama dão um certo fôlego ao espectador que já estaria quase jogando bingo com os clichês.

Gosto da Jennifer Lawrence, e gostaria de vê-la atuando mais na telona sem precisar apelar para a nudez. Fica para uma próxima, porque em Operação Red Sparrow tudo ficou aquém da grande atriz do papel principal.


  1. Resenha de filme: Guardiões
  2. O Lado Bom da Vida – Matthew Quick

Curtiu? Dê sua nota!

Avaliação média: 4.8
Total de votos: 13
Operação Red Sparrow
Janio Sarmento

Janio Sarmento

Administrador de sistemas, CEO da PortoFácil, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam tão sedutoras para as grandes massas.