Mulher morre depois de contrair ameba comedora de cérebros

Uma mulher de 68 anos de idade, de Seattle, morreu após contrair uma rara bactéria que come cérebros. Ela usava água da torneira para lavar o nariz, de acordo com investigações.

O caso da mulher foi identificado inicialmente, de maneira equivocada, como tumor cerebral. Entretanto, durante a cirurgia para remoção do suposto tumor, o neurocirurgião chefe ficou assustado com a extensão dos danos, e retirou uma amostra de tecido para análise, o que levou à descoberta dos microrganismos.

Quando eu operei essa senhora, uma parte de seu cérebro, do tamanho de uma bola de golfe, era uma polpa sangrenta. Havia essas amebas em todo lugar simplesmente comendo as células cerebrais. Nós não tínhamos a menor ideia do que estava acontecendo, mas, quando pegamos o tecido, vimos que eram amebas.

Dr Charles Cobbs, do Swedish Medical Center de Seattle

A paciente teria adquirido a ameba ao lavar o nariz usando um pote neti com água da torneira apenas filtrada. O correto é usar soro fisiológico ou água fervida.


Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 5
Mulher morre depois de contrair ameba comedora de cérebros