Jair Bolsonaro eleito Racista e Misógino do Ano na França

Presidente eleito foi reconhecido em duas categorias por programa de televisão.

O presidente eleito no Brasil, Jair Bolsonaro, conquistou um duplo reconhecimento por um programa da televisão francesa: entre diversas celebridades internacionais foi eleito o Racista do Ano e o Misógino do Ano.

O prêmio chamado “Les cons d’or 2018” (“os idiotas de ouro” em tradução livre), promovido pelo programa Je t’aime etc. (Te amo etc.), da emissora France 2, só não premiou nosso presidente com o título de Ignorante do Ano, que foi arrebatado por Kanye West.

Para o posto de Misógino do Ano Bolsonaro derrotou nomes importantes como o presidente norte-americano Donald Trump, e o presidente filipino Rodrigo Duterte.

Já para Racista do Ano, Bolsonaro derrotou novamente Donald Trump, e a cantora irlandesa Sinéad O’Connor. Ela se converteu para o islamismo e disse nas redes sociais que nunca mais gostaria de conviver com uma pessoa branca.

Veja o vídeo do anúncio da vitória


Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 5
Total de Votos: 9
Jair Bolsonaro eleito Racista e Misógino do Ano na França